Buscar
  • vitoria0632

Principais erros de uma portaria que você precisa evitar no condomínio




Uma das principais razões que levam as pessoas a optarem por morar em condomínios é a segurança. No entanto, nem sempre isso dá a garantia que os moradores desejam. Devido algumas condutas, os empreendimentos acabam sendo alvo de ações criminosas.


Em 90% dos casos de invasão, os criminosos não têm algum edifício certo em mente. Sendo assim, eles agem procurando os que encontram mais vulneráveis. Mas afinal, o que torna um condomínio atraente para esse tipo de ação? Nesse artigo você vai encontrar as falhas mais comuns na portaria que podem prejudicar a segurança dos moradores e seus patrimônios. Confira!


Inexistência de procedimentos de segurança

O primeiro passo para garantir a segurança é criar regras e políticas para o funcionamento da portaria do prédio, pois a ausência delas pode contribuir para erros decorrentes da falta de direcionamento.


Sendo assim, é essencial que o síndico estabeleça um regimento interno com todas as normas necessárias a serem seguidas. Além de serem direcionadas aos porteiros, é importante evidenciar o papel dos condôminos, de modo que todos saibam as suas responsabilidades.


Falta de conscientização e treinamentos

Uma vez que os procedimentos de segurança estão estabelecidos, é necessário frisá-las periodicamente. Por meio de ações de conscientização de moradores e treinamentos de funcionários, o síndico consegue manter as boas práticas e garantir a segurança de todos.


Nesse ponto, faz-se necessário a criação de um planejamento anual de ações. Além disso, caso ocorra a contratação de terceirizadas, também é preciso cobrar um planejamento de capacitação de funcionários. O mesmo deve ocorrer com a contratação de novos colaboradores.


Falta de um controle de acesso eficiente

Considerando o fato de que é pela entrada principal que ocorre a maioria das invasões de condomínios, um controle de acesso eficiente é essencial para evitar invasões. Isso porque já se foi o tempo em que papel e caneta eram suficientes para monitorar entradas e saídas.


Os criminosos estão cada vez mais sofisticados, sendo necessário mecanismos inovadores que impeçam o edifício de ficar exposto. Atualmente, existem inúmeras soluções tecnológicas com esse objetivo, como a inteligência artificial, que pode contar com câmeras de reconhecimento facial e tecnologia anti-fake para identificar o acesso de forma rápida e a prova de falhas humanas.



Falta de investimento em segurança eletrônica

Um dos principais erros na portaria é contar somente com recursos humanos para zelar pela segurança do condomínio. Considerando que há inúmeras soluções tecnológicas, não existe razão para não contar com elas. No entanto, além de adquirir equipamentos e sistemas, também é preciso um projeto bem estruturado.


Nesse caso, é fundamental contar com a orientação de empresas e profissionais especializados, fazendo um levantamento técnico a respeito dos recursos necessários. Entre os componentes mais importantes estão as câmeras de segurança, sistemas de alarme, sistemas de segurança perimetral e o já mencionado controle de acesso.


Como você já viu, existem diversos erros na portaria que podem comprometer a segurança de um condomínio. Sendo assim, a gestão condominial precisa estar atenta aos pontos importantes e criar um ambiente onde todos os envolvidos conheçam suas condutas e responsabilidades.


Quer saber mais sobre como evitar esses erros graves e tornar o seu condomínio mais seguro? Entre em contato com a gente!



13 visualizações0 comentário

Entre em contato:

Obrigado! Mensagem enviada.